:: Outras notícias
»  Residência Médica
»  Aumenta conscientização para prevenir o câncer de intestino
»  Presentes arrecadados pelos funcionários do Divina fazem a alegria de crianças de 22 instituições
 
 
 
Usuário: 
  
Senha: 
 
Pré-check-in
Banco de Imagens
Bebê na Web
Pronto Atendimento
Fale Conosco
Localização
Trabalhe Conosco
Escola de Saúde
 
Design: 3W ::: Produção e Edição: Seiva Agência de Comunicação - Direitos Reservados
  
::: 12/04/2017
Missa de Páscoa faz exaltação à fé
A Missa de Páscoa foi celebrada às 13h30min de hoje, no Auditório Pe. Eduardo Michelis, como forma de reafirmar a fé em Cristo. A celebração foi presidida pelo Pe. João Carlos Strack e contou com a presença das Irmãs da Sociedade Sulina Divina Providência e de dezenas de funcionários do Hospital. A Irmã Elise Sehnem, coordenadora da Pastoral da Saúde, deu as boas-vindas a todos os presentes e chamou a atenção para o significado da Páscoa. “Cristo sofreu muito até ser crucificado, mas o mais importante que devemos salientar é a sua vitória sobre a morte, a ressurreição no terceiro dia”. Ainda conforme Irmã Elise, Cristo passou por tantos sofrimentos para mostrar à humanidade o caminho de volta para Deus. A missa, que celebrou a ressurreição de Cristo, contou com a encenação do lava pés por um grupo de funcionários, como símbolo de fraternidade e compromisso de todos com o próximo e do grupo de canto do Hospital, que alegrou o ambiente com seu repertório. Ao final, Irmã Elise falou da Campanha da Fraternidade que traz este ano o tema Biomas Brasileiros e Defesa da Vida. “ Temos que cuidar do que Deus nos deu”, afirmou a religiosa concluindo que Cristo poderia contar com aquele grupo reunido porque “não vamos abandoná-lo” finalizou. O Pe. João Carlos concluiu a celebração abençoando todos os presentes.
.: Leia Mais >
 
::: 11/04/2017
Divininho destaca recepção às primeiras médicas residentes da história do Hospital
A mais recente edição do Divininho destaca a recepção às primeiras médicas residentes do Hospital Divina Providência, já que é a primeira vez em 47 anos que o Divina abriga um Programa de Residência Médica. Também tem destaque no informativo a Reunião Mensal de Desempenho Operacional (RMDO), onde são delineadas as novas metas para a conquista da fase 2 da Acreditação ONA. O curso Carisma Institucional e Gestão em Saúde também é abordado, assim como a integração dos novos funcionários. Outro tema tratado no informativo é o encontro das Irmãs da Sociedade Sulina Divina Providência, que teve como objetivo educação e capacitação continuada das religiosas. O controle de infecções tratou do manejo da Sepse, que é a principal causa de morte em hospitais no país. Um novo sistema de controle de entrada e saída de pacientes foi instalado, para garantir mais segurança aos pacientes e funcionários.
.: Leia Mais >
 
::: 10/04/2017
Divina celebra a chegada da imagem de Nossa Senhora Aparecida
O Hospital Divina Providência celebrou a chegada da Nossa Senhora Aparecida na instituição, às 8h30min do dia 7 de abril. A imagem da padroeira do Brasil foi trazida pelo Pe. José Roberto Gonçalves, o Pe. Beto, da paróquia Nossa Senhora da Glória, que percorreu o Hospital levando a bênção da Santa para todos os funcionários, pacientes e demais visitantes que circulavam pelo local. Logo após a procissão, a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi levada para a Capela, localizada no 4º andar, e Padre Beto presidiu uma bela missa para a celebração daquele momento. A missa foi um instante de fé e bênçãos a todos os presentes, além de uma reflexão acerca da espiritualidade.
.: Leia Mais >
 
::: 10/04/2017
Equipe do Divina participa de ação pelo dia Mundial da Saúde
O Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, que é mantido pelo Hospital Divina Providência participou, no dia 5 de abril, de uma ação para marcar o Dia Mundial da Saúde, no Centro de Porto Alegre. A atividade aconteceu das 8h às 17h em frente ao chalé da Praça XVI.. Foram atendidas mais de 500 pessoas no local e realizados 903 procedimentos, incluindo Auriculoterapia, verificação de sinais vitais e assistência nutricional. A Auriculoterapia consiste em uma técnica de Medicina Alternativa, baseada na ideia de que a orelha é um microssistema que também faz ligações diretas com as diversas funções do corpo. Com a técnica se faz o uso de sementes de mostarda fixadas na orelha como forma de terapia. A aposentada Lucilla Neri Viana, de 73 anos, afirmou que a ação é uma ótima iniciativa, pois se pode medir a pressão na hora, evitando a fila do SUS para este tipo de procedimento. Já Carlos Roberto Fagundes, de 63 anos achou muito legal, pois acredita ser importante a prevenção. “A saúde pública no Brasil tem muitas dificuldades”, frisou. Para Julie Wuang, de 66 anos, a iniciativa foi importante para quem se preocupa com a saúde. “Sempre aproveito para participar, me preocupo muito com a minha saúde”, ressaltou. A coordenadora do Ambulatório 1º de Maio, enfermeira Daiane Benites, avalia que foi um excelente dia.
.: Leia Mais >
 
::: 09/03/2017
Divininho publica edição especial homenageando funcionários pela Certificação ONA
A edição do mês de Fevereiro do Divininho destaca a conquista da Certificação ONA pelos hospitais Divina Providência e Independência, que foi documentada dia 13 de Janeiro deste ano. A certificação é uma conquista de todos os envolvidos com as instituições, com o objetivo de validar suas ações para assistência com maior qualidade e segurança tanto para a instituição, quanto para os pacientes, validando a melhoria contínua na assistência humanizada. Os funcionários do Divina e do Independência ressaltaram a participação de todos no processo de encaminhamento para a certificação. A união, o engajamento e o espírito de equipe proporcionou esta conquista para os hospitais. A edição contou com depoimentos de médicos, coordenadores e funcionários que destacaram a importância da conquista para o âmbito hospitalar e profissional.
.: Leia Mais >
 
::: 02/03/2017
Divina Providência inicia Programas em Residência Médica
Pela primeira vez em 47 anos o Hospital Divina Providência abriga um Programa de Residência Médica. O processo se iniciou no último dia 1º de março com a entrada das alunas Julia Souto Meneghetti e Débora Sartori Giaretta, na área da Clínica Médica, e Viviane Gehlen, em Medicina Intensiva. Os programas de Residência Médica estão vinculados ao Centro de Formação e Investigação Divina Providência - CFIDP) que já mantinha ativos os programas de Psiquiatria no Hospital São José, de Arroio do Meio, e Traumato/Ortopedia, no Hospital Independência, em Porto Alegre. O coordenador do CFIDP, Dr. Willian Dalprá, explica que o sucesso da Residência Médica na Rede de Saúde Divina Providência se deve, primeiramente, à confiança, compreensão e à viabilização irrestrita das Irmãs da Divina Providência e do Conselho Executivo da Rede, além da sensibilidade das direções dos hospitais que reconheceram sua importância e deram visibilidade ao Programa. “E também à dedicação de profissionais como o Dr. Geraldo Jots, responsável pela Residência Médica e Multiprofissional em Saúde ”, salienta.
.: Leia Mais >
 
::: 10/02/2017
Engajamento de todos viabilizou a Acreditação ONA
A Organização Nacional de Acreditação (ONA) documentou, no dia 13 de janeiro de 2017, a certificação de Hospital Acreditado para os hospitais Divina Providência e Independência. Desde então a alegria e o orgulho pela conquista tomou conta dos dois hospitais. O diretor-geral de operações da Rede de Saúde Divina Providência, José Clóvis Soares, observa que os hospitais se submeteram ao processo de acreditação da ONA com o objetivo de validarem a forma sistematizada de suas ações para assistência com qualidade e segurança. “Queríamos confirmar que nossas práticas estão sendo seguras e de qualidade”, afirma. O dirigente acrescenta que a Certificação ONA conquistada é resultado da união e mobilização de todos em busca do objetivo proposto: da melhoria contínua na assistência humanizada, com qualidade e segurança no atendimento prestado. “A Acreditação é o reconhecimento do trabalho em conjunto de uma equipe comprometida, dedicada, solidária e capaz.” resume Clóvis. O diretor-geral acredita que o aperfeiçoamento dos métodos para atender os critérios da ONA é um processo de melhoria contínua em busca dos mais elevados padrões assistenciais. “Esta conquista significa o reconhecimento dos padrões de qualidade e segurança dos serviços prestados. Estimula o desenvolvimento dos nossos processos de trabalho na busca permanente da qualidade, humanização e segurança para pacientes e funcionários” ressalta.
.: Leia Mais >
 
::: 07/02/2017
Divininho destaca a conquista da Certificação ONA
O Divininho do mês de janeiro tem como destaque a conquista da Certificação ONA pelos hospitais Divina Providência e Independência. O certificado foi entregue no último dia 13 de janeiro. A certificação é uma conquista de todos os envolvidos com as instituições. Outra pauta que integra essa edição é a do Grupo de Canto do Divina, formado para tornar mais alegres os momentos de louvor a Deus dentro da instituição. A equipe de Enfermagem do Trabalho está aplicando, desde outubro de 2016, a vacina da tríplice viral, para a imunização dos trabalhadores contra o vírus do Sarampo, Caxumba e Rubéola. Os novos colegas, que participaram do Programa de Integração, também fizeram parte da pauta do mês de janeiro. São vinte e cinco novos colaboradores que começaram a exercer suas atividades no Divina, em janeiro. O Curso de Gestantes também é destaque no Divininho. O calendário de 2017 já está disponível para inscrições e informações. A colega Juliana Engel, secretária da Direção, comemorou a formatura em Gestão de Recursos Humanos, no mês de dezembro.
.: Leia Mais >
 
::: 07/02/2017
Ações Sociais e de Saúde iniciam em março
O grupo do Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio divulgou as datas das próximas Ações Sociais e de Saúde que serão realizadas até a metade do ano. Os voluntários realizam atendimentos direcionados para terapias naturais, como a homeopatia, e também técnicas terapêuticas como o reiki, cromoterapia, terapia auricular, acupuntura e massoterapia. Os mutirões são realizados em locais como escolas e praças, e também na Sede do Ambulatório 1º de Maio.
.: Leia Mais >
 
::: 07/02/2017
Tecnologia a favor da medicina
A equipe do Divina conheceu, no dia 20 de janeiro, o Sonho de Laura. O analista de sistemas e especialista em fraudes sistêmicas, Jacson Fressato, perdeu sua filha Laura de apenas 18 dias para um conjunto de manifestações graves em todo o organismo produzidas por uma infecção, denominada Sepse. Jacson encontrou na dor pela perda de Laura motivação para ajudar outras pessoas. Ele fez trabalho voluntário por 9 meses em hospitais de Curitiba para buscar entender quais as causas da Sepse. “Eu vi um time inteiro de profissionais serem pegos de surpresa pela Sepse e ficarem sem reação”, contou. Então Jacson aliou seu conhecimento de análise de sistemas com a vontade de ajudar de alguma maneira esses profissionais. Nasceu o projeto do primeiro robô cognitivo que salva vidas: o Robô Laura. Implantado em 6 semanas no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, o Robô Laura tem a capacidade de buscar qual paciente está em estado mais crítico de todo o ambiente hospitalar. Tudo isso acontece em apenas 3,8 segundos. “Nós fizemos com que essa inteligência artificial aprendesse o protocolo de segurança contra a Sepse do Hospital, e então ele vasculha os prontuários dos pacientes para analisar qual tem mais risco”, explicou Jacson.
.: Leia Mais >
 
::: 07/02/2017
Doe sangue, salve vidas
O sangue doado é usado para assegurar um direito primordial, o direito à vida. Sua atitude em doar sangue é a esperança de muitos pacientes que precisam de sangue para continuar vivendo. Para manter os estoques em dia, é preciso que as pessoas saudáveis doem regularmente. Cada doador pode salvar até quatro vidas. A coleta é feita por pessoal capacitado, sob a supervisão de um enfermeiro ou médico, garantindo o bem-estar do doador. O ambiente é limpo, confortável e todo o material é descartável. Na coleta são retirados aproximadamente 450 ml de sangue. Esse volume não causa prejuízo nenhum à saúde do doador. O sangue é reposto rapidamente com a ingestão de líquidos, e o ferro é reposto através da alimentação. Após a coleta, uma pequena amostra de sangue vai para exames laboratoriais e, somente após os resultados, para transfusão. Esses resultados estarão à disposição do doador 15 dias após a coleta.
.: Leia Mais >
 
::: 06/02/2017
Hospitais Divina e Independência conquistam a Acreditação ONA
Os hospitais Divina Providência e Independência receberam oficialmente, no dia 13 de janeiro de 2017, da Organização Nacional de Acreditação (ONA), o título de Hospital Certificado. O Diretor-Geral de Operações da Rede de Saúde Divina Providência, José Clóvis Soares, emocionado, agradeceu o empenho de todos os funcionários. “É uma alegria muito grande, um sentimento de dever cumprido. Foram meses de intenso trabalho e reuniões para aperfeiçoar os cuidados na segurança do paciente. E o resultado deste empenho chegou com o título de Acreditação. Curtam este momento, divulguem e sintam orgulho desta conquista que foi de todos nós”, convocou o diretor. O diretor de Relações Institucionais, Dr. Sérgio Frederes, disse que ficou encantado com o envolvimento de todos. O assessor Jurídico, Mário Jaeger, ressaltou que a instituição assumiu a melhoria contínua e o compromisso é de melhorar sempre, pois a segurança do paciente vem em primeiro lugar. “Nosso compromisso é com a segurança”, finalizou.
.: Leia Mais >
 
::: 25/01/2017
Como prevenir HPV e câncer de colo uterino
HPV é a sigla em inglês para papilomavírus humano. São vírus capazes de infectar a pele ou as mucosas. Existem mais de 100 tipos diferentes de HPV, sendo que cerca de 40 tipos podem infectar o trato genital, sendo alguns com potencial oncogênico. As informações são do genicologista Marcelo Lucho, do Corpo Clínico do Hospital Divina Providência. O especialista explica que a infecção pelo HPV é muito frequente. “"Nos casos de infecção por tipo viral oncogênico, há chance da lesão vir a se tornar um câncer", resume. Ainda conforme o médico pode ocorrer o desenvolvimento de lesões que, se não forem identificadas e tratadas, podem progredir para o câncer, principalmente no colo do útero. “Todavia, também podem atingir vagina, vulva, ânus, pênis, orofaringe e boca”, alerta Dr. Lucho. O ginecologista informa também que, ao menos 13 tipos de HPV são considerados oncogênicos, apresentando maior risco de provocar infecções persistentes e estarem associados a lesões precursoras. “Dentre os subtipos de HPV de alto risco oncogênico os tipos 16 e 18 estão presentes em 70% dos casos de câncer do colo do útero. Já os HPV 6 e 11 encontrados em 90% das doenças genitais são considerados não-oncogênicos”, revela o médico.
.: Leia Mais >
 
::: 10/01/2017
Divininho destaca comemorações de Natal e traz resumo sobre as ações de 2016
A edição de número 150 do Divininho está em clima de Natal. A última edição do ano de 2016 trouxe na capa a celebração de Natal, que aconteceu no dia 15 de dezembro. A missa foi presidida pelo capelão Pe. João Carlos Strack. O religioso ressaltou que, como cristãos, devemos compartilhar a dignidade, o espírito de reconciliação, de paz e amor. O Grupo de Canto entoou lindas canções natalinas. As celebrações de Natal seguiram no dia 17 de dezembro, durante a festa na Escola Leopoldo Neis. A festa de Natal faz parte da Campanha Criança Feliz, organizada pela Pastoral da Saúde do Hospital, sob a coordenação da Irmã Elise Sehnem, sendo realizada anualmente junto com os funcionários. A realização do evento contou com a participação dos funcionários do Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital, do Rotary Clube e das professoras do Serviço de Apoio Socioeducativo (SASE) e CENEAMM (Centro de Educação e Assistência de Meninos e Meninas 1º de Maio). A edição também apresenta os colegas que foram promovidos em suas funções no Hospital.
.: Leia Mais >